3 de abril de 2009

Place which we belong .

Hoje eu acordei querendo um pouco de paz. Não com raiva do mundo, mas querendo apenas um lugar onde eu pudesse pensar ou esquecer tudo de um momento pro outro. Tentei meu quarto, foi invadido pela minha mãe mandando eu arrumar a bagunça. Pois a bagunça é minha, e está muito bem assim, obrigada. Tentei na sala, mas meu pai vendo aqueles filmes barulhentos não ajudou. Fiquei perdida, desisti. E pensei no único lugar onde eu já me senti completa, um hotel em angra dos reis, onde fiquei apenas quatro dias ano passado. Foram os melhores quatro dias que minha alma ja teve, teve tempo de se recompor, de se organizar, de decidir, e ao mesmo tempo, eu poderia esquecer tudo quando bem quisesse. Fui pra lá e descobri o amor, me apaixonei perdidamente por um argentino. Sim, apaixonei. O jeito foi esquece-lo, pelas barreiras impostas pela geografia, matéria que eu tanto odeio na escola. Desde que fui lá, nada foi o mesmo. Tudo parece medíocre, queria uma palavra menos forte, mas vai medíocre na falta delas. Não deixo de viver pela saudade, mas sempre penso naqueles dias. Eu não gostava pelo luxo, pelos serviços, não. Era pela pura energia positiva do lugar. Até o mais simples grão de areia me fazia feliz. Desde então, sonho estudar turismo e ir trabalhar lá. Ou estudar ciências aeronáuticas e me tornar piloto de avião como meu pai, ou comissária de bordo, como minha mãe. Minha mae era comissária até eu nascer, atualmente ela é uma ótima advogada, futura juíza, com certeza. Moral de tudo, todos temos o nosso cantinho no mundo, nosso lugar especial. Mesmo não sabendo qual é, já temos uma idéia, e se não o conhecemos ainda, iremos conhece-lo. E você, qual o seu lugar especial ?

7 comentários:

Karla Moreno disse...

Qual o meu lugar especial?
Ah, não sei, acredito q sejam muitos (.menos mal. rs)
Quando me sinto fechada, q preciso de espaço, sabe pra onde eu vou? pro banheiro! lá o espelho e o vaso sanitário não me fazem perguntas idiotas, nem difíceis de serem respondidas, como "pq voc tá assim?" ¬¬*
Outro lugar q gosto de estar, na verdade, não é o lugar em sim, mas sim, a companhia, independente do lugar. Acredito q uma boa companhia modifica toda e qlqr geografia. rs

beeeijos querida, e tbm virei sua seguidora viu,
Kakau.

manú; disse...

Ah o meu quarto :D uma ruazinha tranquila que tem na minha cidade, e um lugar perto da casa da minha avo em Barbacena (eu ate falo dele em uma postagem de janeiro, '6 de janeiro de 2009').
Adorei o seu blog flor, to te seguindo
beijos :*

Kiiita :) disse...

Oiiiiiiiiii meu amor *-*
Nooossa, que saudade!
eu não pudi entrar nesses dias por causa de prova!
¬¬

Seu blog cada vez quem venho aqui ta um pouquinho diferente, que gracinha *-*

Eu não tenho um lugar em que em sinto bem, tenho vááários!
eu sentar na beira da praia, sozinha, ouvindo musica e olhando o mar.( eu nunca fi isso, mas meu sonho é fazer isso, e quando to mal, sinto uam puta vontade de sair correndo pra essa situação)
Tem a roça dos meu pais, adooro ir pra falar e ficar olhando pro anda sozinha, simplesmente pra não pensar em nada, só brisar!
tantos lugares!
hehehehehe :)

beeijão :*

Polly disse...

Adorei seu post. Não sei se tenho um lugarzinho especial. Eu me mudei tanto nessa vida...Acho que não cheguei a me apegar muito...

(www.pollyok2.zip.net)

Aquela tal de brito disse...

Oiii estava passando pelos blogs e gostei muito do seu
e temos coisas em comuns, gostos mais especificadamente.
e eu entendo as vezes tbm acordo querendo PAZ
meu lugar de paz é meu quarto mesmo eu o tranco coloco os fones de ouvido e viajo nos meus pensamentos...
beeeijos;*

Mayana Carvalho disse...

por vezes me sinto como você.. por muitas vezes.

Amo vir aqui, me sinto sussa quando leio seu blog!
Beijos

Gheisy Emanoelly disse...

Eu amei conhecer teu Blog, ainda mais no momento em que minha alma se encontra.

O melhor lugar era pra mim os braços dele...
Beijos, até mais! Emanoelly.

Postar um comentário